ocê sabia que dia 18 de Junho é o dia mundial da Culinária Sustentável? Sim, o ato de cozinhar também pode ser mais sustentável e a inclusão desse hábito tem se tornado cada vez mais importante para a preservação do nosso planeta, já que na nossa cozinha do dia a dia as vezes acabamos gastando um pouco mais de água, energia ou até mesmo desperdiçando alimentos que poderiam ter sido aproveitados. 

 

Por isso hoje, nós preparamos um conteúdo especial! Recheado de dicas de como você pode tornar a culinária do seu dia a dia mais sustentável, com apenas pequenas mudanças que se colocadas em práticas farão toda a diferença. Dá só uma olhadinha: 

 

  • Tudo começa no mercado 

A culinária sustentável começa na própria compra do supermercado ou feira. É muito importante nós pensarmos no consumo da nossa casa, seja o seu próprio ou da nossa família, para que assim a gente compre apenas os alimentos que serão realmente consumidos durante o período de tempo até você ir novamente às compras. Assim, é possível evitar que os alimentos estraguem e sejam descartados, gerando um desperdício desnecessário. 

 

Ah, e se possível opte pelos alimentos orgânicos que são produzidos de forma mais sustentável. E não esqueça a sua sacola retornável, para poupar o consumo das "sacolinhas" de plástico. 

 

  • Economize água 

A economia de água é um dos pontos principais da cozinha sustentável. Você já parou para pensar o quanto de água nós gastamos para lavar a louça e até os próprios alimentos que consumimos? Sim! É bastante coisa, então uma boa dica prática para economizar água é deixar um pouquinho a louça de "molho" antes (não precisa deixá-las imersa na água, mas sim só umedecidas porque dessa forma já ajuda a "amolecer" a sujeira), molhar a esponja, ensaboar todas as louças e enxaguar depois. Assim você não precisa ensaboar e enxaguar uma por uma, você aproveita o tempo e ensaboa todas com a torneira desligada, e na hora do enxague conseguirá ser mais rápida e eficaz, poupando tempo com a torneira ligada. 

 

  • Economize energia

Nós sabemos que os utensílios elétricos facilitam bastante a nossa vida e que cada vez mais temos opções tecnológicas que gastam sim menos energia. Mas mesmo assim, na maioria das vezes temos o costume de não desligá-los da tomada quando não estão em uso. Por mais que o aparelho não esteja sendo utilizado naquele momento, é muito importante se possível desligá-lo da tomada, porque mesmo não estando em uso ele pode estar consumindo energia. 

 

Outra dica especial para os fãs de forno elétrico, é se você tem o costume de usá-lo com frequência tente aproveitar uma "ligada" do forno para preparar mais de uma refeição. Assim, você não tem que ligar o forno várias vezes num curto período de tempo e pode fazer um pouquinho "extra" para consumir depois por exemplo. 

 

  • Se puder, deixe refeições prontas

   Uma ótima dica, para não ter que cozinhar todos os dias ou em todas as refeições, é quando você for preparar algo já aproveitar para deixar pronto (ou encaminhado) a refeição seguinte. É claro que não precisa ser exatamente a mesma coisa, mas às vezes nós vamos preparar uma batata por exemplo, no mesmo momento em que você faz uma batata cozida, também já pode usar parte dela para preparar um purê. E assim, você otimiza o tempo que está na cozinha, para deixar pronta duas refeições diferentes que podem ficar guardadas na geladeira e dessa forma consomir menos água e energia do que se você fosse preparar duas refeições. 

 

  • Aproveite os alimentos ao máximo 

Nós brasileiros temos muita fartura de alimentos, como legumes e frutas. Mas infelizmente não temos o hábito de usar o máximo que o alimento pode nos oferecer. Por exemplo, muitas vezes usamos só o "buquê" do brócolis e descartamos as folhas e talos, mas esquecemos que essas partes também são muito nutritivas e saborosas e podem ser inseridas em uma sopa, em um suco verde ou até mesmo um refogado de folhas e talos bem temperadinhos. Ou às vezes sobram alguns bagaços e sementes de frutas que podem ser usados para preparar um adubo para deixar os vasos da sua casa mais vivos e bonitos.

 

E ai? Gostaram das dicas? São super simples e fáceis de incluir no dia a dia né? 

Não precisamos mudar muito para ajudar um pouquinho o nosso meio ambiente, são justamente essas pequenas atitudes que se forem praticadas com frequência com certeza fazem toda a diferença!